Aracatu

Aracatu

Últimas Notícias



MC Beijinho e Escandurras celebram sucesso do hit 'Me libera, Nega'
Música viralizou em vídeo na internet e é forte candidata ao carnaval 2017. Artistas esquecem polêmica que envolveu autoria; conheça duas versões.

26/01/2017 - 14:04

Música viralizou em vídeo na internet e é forte candidata ao carnaval 2017. Artistas esquecem polêmica que envolveu autoria; conheça duas versões.

MC Beijinho e Escandurras celebram sucesso do hit  'Me libera, Nega'
MC Beijinho e Filipe Escandurras tiram fotos com baiana, no Pelourinho, em Salvador (Foto: Lílian Marques/ G1)

Em um passeio pelo Pelourinho, Centro Histórico de Salvador, foi difícil até caminhar ao lado de Filipe Escandurras e MC Beijinho. Por onde passavam, eram reconhecidos por baianos e turistas, que aproveitaram a oportunidade para garantir uma selfie. "Olha o cara do me libera, nega", disse uma jovem ao se aproximar dos rapazes. Uma baiana que trabalha nas ruas do Pelô, deixou logo um recado: "Nego, me libere nesse carnaval, viu?".

A parceria parece por fim a uma fase polêmica que envolveu a gravação por Escandurras do hit criado por MC Beijinho, que ganhou fama ao cantar a música dentro de uma viatura durante uma entrevista ao vivo ao ser preso pela Polícia Militar da Bahia. O vídeo viralizou na internet e duas versões foram gravadas em ritmo de samba reggae, bem na pegada do Olodum, que é citado na canção.

Agora, a pouco menos de um mês do carnaval, o “Me libera, nega” é um dos hits do momento na Bahia e promete conquistar o repertório de folia de muitos artistas no trio elétrico. Com a fama, MC Beijinho, que começou a frequentar um centro de recuperação para dependentes químicos, se organiza para gravar o primeiro LP, que terá cinco faixas autorais e ainda não tem previsão de lançamento.

Para o carnaval, o MC, por enquanto, não tem programação independente. Ele vai fazer participações com outros artistas, como Bell Marques, que já confirmou o convite ao artista.

Duas versões
O cantor e compositor Filipe Escandurras, famoso por escrever canções de sucesso para artistas como Ivete Sangalo, Psirico, Luan Santana, Pablo e Matheus e Kauan, gravou uma versão da música com um trecho a mais, criado por ele. Escandurras garante que fez tudo de comum acordo com MC Beijinho, que não fala muito sobre o assunto, mas diz que não há briga por causa da música.

Filipe conta que conheceu o hit em um vídeo na internet. As imagens viralizaram na web após Beijinho ser preso, em meados de novembro do ano passado, e cantar o refrão da música durante a reportagem de uma emissora local, transmitida ao vivo. "Eu entrei no Facebook e vi o vídeo. Tava ele dentro da viatura, algemado e cantando e só respondia [às perguntas do repórter] com a música", disse Escandurras.

Ao G1, Beijinho disse que viu naquele momento [da prisão] a oportunidade de divulgar a canção pela primeira vez. E deu certo. "Eu queria cantar para esse povo aqui [comunidade] que já conhecia a música e aí eu pensei só em mostrar a música. A gente já fazia muito coisa com essa música, colocava nas caixinhas [de som] Quando cheguei lá, falei: 'é minha oportunidade de, pelo menos, mostrar para minha 'maloca'. É uma música bonitinha, gostosinha", revela.

Escandurras afirma que logo após conhecer o MC, sugeriu acrescentar um novo trecho na letra da música e foi autorizado a gravar o hit. No entanto, empresários de Beijinho e a editora vinculada à Universal Music, que administra os direitos autorais da canção, afirmam que o cantor não tem autorização para gravar. Conforme um dos empresários do MC, a ideia inicial era que os dois gravassem juntos, versão confirmada ao G1 por Escandurras. E eles gravaram, o que não evitou a polêmica. 
Em meio à polêmica, Bejinho parece ainda se adaptar aos poucos à rotina de "pai" do hit do momento. Discreto e tímido, ele se reservou a não comentar a polêmica e a dizer que espera ter sucesso com essa e outras músicas.

Ele contou ainda que sempre teve uma aproximação com o meio musical e que esperava a oportunidade de mostrar o seu trabalho. "Meu tio sempre tocou em barzinho lá na Liberdade. [Quero] muito sucesso, alegria e paz para nós e para todos os baianos. Somos todos nós a música, somos todos uma parceria", disse.

O artista ainda revelou ao G1 que o nome artístico MC Beijinho surgiu após a repercussão do vídeo em que ele aparece cantando a música pela primeira vez. O "biquinho" que ele faz para cantar também já é marca registrada. "Tem muito beijo na música, por isso MC Beijinho", revelou.

Escandurras afirma que canta nos shows sua versão da música a pedido da plateia. A realidade é que o público já reconhece os dois artistas nas ruas como os cantores do "Me libera, nega".

Com a música de trabalho "Primeira Semana", o cantor e compositor estreou em carreira solo na quarta-feira (18), após deixar a banda Filhos de Jorge no ano passado. Na ocasião, ele fez um ensaio na Casa Almendra, no Rio Vermelho, em Salvador. Na folia de 2017, ele se apresenta em três camarotes e negocia a saída em um trio independente.

Hit estourado


O refrão meloso "Me libera, nega, deixa eu te amar" já tomou o Brasil e caiu no gosto de artistas de outros estilos musicais. Caetano Veloso "parou" a web com uma versão bem ao seu estilo, voz e violão, postada no Facebook.

Em entrevista ao G1, o artista disse que ama a canção e que imagina o hit na voz de uma multidão no carnaval de Salvador. "Será um desses fatos do carnaval baiano que fazem a gente chorar de emoção”, disse.

Caetano e Beijinho se conheceram em um evento an capital baiana. Na oportunidade, o novo MC também esteve com outros artistas baianos, como Daniela Mercury.

Claudia Leitte também chegou a "ensaiar" o refrão durante uma das edições da última temporada do The Voice Brasil e também na apresentação dela no Réveillon de Salvador. O hit também agradou os sertanejos Luan Santana, que cantou com Escandurras no Festival de Verão Salvador, e Simone e Simaria, que postaram em uma rede social um vídeo no qual cantam a canção. Wesley Safadão também colocou a música no repertório em um dos seus shows.

Musa inspiradora
Antes de ficar desempregado, Beijinho ganhava R$ 20 por semana para montar e desmontar barracas de camelôs e trabalhava em um pet shop - onde chegou a ser obrigado a mudar de cargo porque cantava sem parar. Nos fins de semana, se apresentava em festas de partido alto do bairro da Liberdade, onde a família dele tem um pequeno comércio.

Ele compôs "Me libera, nega" há três anos, para tentar conquistar uma carioca de passagem em Salvador. "Consegui, mas ela foi embora logo depois. Nunca mais vi", lembra, sem revelar o nome da musa inspiradora.

Após morte de Teori, Cármem Lúcia autoriza prosseguimento da Lava Jato

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, plantonista da Corte neste recesso do Judiciário, autorizou que juízes assistentes da equipe do ministro Teori Zavascki deem prosseguimento aos trabalhos da Lava Jato. 

Teori era o relator da operação no STF, mas sua morte teria paralisado as atividades. Com a decisão de Cármen Lúcia, a força-tarefa segue seu fluxo normalmente.

Desde então, pelo menos dois delatores foram convocados e estão completando, ainda esta semana, os seus depoimentos, segundo informações divulgadas pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Ao que tudo indica, a homologação das 77 delações da Odebrecht não vai atrasar tanto quanto se imaginava. 

Prefeitura de Aracatu realizará pregão para aquirir de móveis para o hospital
Foto: Informearacatu.com.br

A Prefeitura de Aracatu abriu processo licitatório para aquisição de móveis e equipamentos hospitalares permanentes destinados ao Hospital Municipal Felinto Silveira Maia, conforme Proposta no 11656.635000/1140-06, celebrado entre o Ministério da Saúde e o Município de Aracatu, sob o regime de menor preço global por item.

Os envelopes contendo a proposta e os documentos de habilitação serão recebidos na prefeitura, na sessão pública de processamento do Pregão Presencial, após o credenciamento dos interessados que se apresentarem para participar do certame.

A sessão de processamento do Pregão Presencial será realizada na Sala de Reunião da Prefeitura Municipal de Aracatu, situada à Rua Libério Alves Maia, n.o 37, Centro, em  Aracatu, iniciando-se no dia 30/01/2017 às 15hs:30min (horário local) e será conduzida por Pregoeiro municipal, com o auxílio da Equipe de Apoio, designados nos autos do processo em epígrafe.

Devido a ações de vândalos, Centro de Cultura de Aracatu está sem atividades
O local foi apedrejado e teve portas e janelas de vidros destruído por vândalos.

23/01/2017 - 08:21

O local foi apedrejado e teve portas e janelas de vidros destruído por vândalos.

Devido a ações de vândalos, Centro de Cultura de Aracatu está sem atividades
Foto: Informearacatu.com.br

Ironicamente o espaço destinado à atividades de promoção à arte e cultura, foi alvo exatamente daqueles que optam pelo oposto - os vândalos.

 

Devido a ações de vândalos, Centro de Cultura de Aracatu está sem atividades
Foto: Informe Aracatu

Após ter passado por uma reforma recentemente, realizada pela prefeitura, o Centro de Cultura teve as portas e janelas apedrejadas. Além de causar prejuízos materiais ao patrimônio público, o local ainda está impossibilitado de desenvolver as atividades.

Devido a ações de vândalos, Centro de Cultura de Aracatu está sem atividades
Foto: Informe Aracatu

O Informe Aracatu entrou em contato com o secretário de Cultura do Município, Mateus, o qual nos informou que após os atos de vandalismos as atividades foram temporariamente suspensas e que o Centro de Cultura às vezes é cedido para que uma igreja local realize cultos evangélicos; isso enquanto aguarda a reposição dos vidros quebrados e a aquisição de outros materiais que a prefeitura está providenciando.

O local é utilizado para eventos escolares, reuniões e antes de ser danificado, era onde estava sendo realizado o projeto Cinema Para Crianças. Não há prazo previsto para o retorno das atividades.

Aracatu comercializa gás de cozinha e gasolina mais barato que em Brumado
Muitos brumadenses que passam ou visitam aracatu, deixam para encher os tanques dos veículos aqui, já que no final das contas a economia acaba sendo grande.

21/01/2017 - 08:12

Muitos brumadenses que passam ou visitam aracatu, deixam para encher os tanques dos veículos aqui, já que no final das contas a economia acaba sendo grande.

Aracatu comercializa gás de cozinha e gasolina mais barato que em Brumado
Foto e montagem: Informe Aracatu

Mesmo sendo município vizinhos, as cidades de Aracatu e Brumado possuem uma grande diferença na comercialização da gasolina e gás de cozinha. Brumado como um dos pólos regionais, com mais de 60 mil habitantes, pela lógica, deveria ter preços mais acessíveis nos produtos supracitados; no entanto, mesmo com cerca de 13 mil habitantes, o município de Aracatu comercializa tanto a gasolina, quanto o gás de cozinha, com valores bem abaixo.

 

Aracatu comercializa gás de cozinha e gasolina mais barato que em Brumado

Em Aracatu, o preço do litro da gasolina é encontrado nos postos a R$ 369,00 (fora de promoção), já em Brumado, o mesmo produto, da mesma marca, é comercializado na maioria dos postos a R$ 3,98 – quase R$ 0,30 centavos de diferença por litro.
 

Com o gás de cozinha, a diferença no preço é ainda mais absurda. Em Brumado o botijão é comercializado a R$ 50,00  e até R$ 55,00 nas distribuidoras. Já em Aracatu, o mesmo gás, da mesma distribuidora, é revendido a R$ 42,00 - cerca de R$ 13,00 mais barato por botijão. O absurdo na diferença causa indignação nos brumadenses, que apontam a atuação de quarteis para ‘extorquir’ a população.

Ligadas pela BA – 262, muitas pessoas quando viajam, deixam para abastecerem os seus veículos em Aracatu, pois a diferença nos preços, acaba resultando numa grande economia no final das contas.