Últimas Notícias

Aracatu

Aracatu



Falso dentista é investigado na BA após extrair nove dentes de uma vez da vítima que queixou de dor em apenas um dente



07/08/2019 - 08:25

Por INFORME BAHIA

Falso dentista é investigado na BA após extrair nove dentes de uma vez da vítima que queixou de dor em apenas um dente
Foto: Reprodução

Será investigado por atuação irregular na Bahia, o falso dentista que extraiu nove dentes de uma só vez durante uma consulta. A denúncia foi feita nesta terça-feira (6).

A vítima, que preferiu não se identificar, contou que procurou o falso dentista, sem saber que ele não era um profissional da área, após uma inflamação em um dos dentes e afirmou que foi surpreendido com as extrações.

Segundo o homem, o procedimento foi realizado no mesmo dia em que ele passou por consulta com o suspeito, que ainda receitou remédios, no município de Itabuna, no sul do estado.

"Procurei, encontrei com o senhor Paulo... ele fez um orçamento. De imediato, mandou que eu comprasse uma medicação na farmácia em frente [ao escritório]. E, na mesma hora, ele arrancou os dentes e colocou os pinos na minha boca", contou o homem.

Além dele, outras pessoas da cidade relataram problemas com o falso dentista. Uma empregada doméstica conta que ficou abalada após levar o filho de 21 anos para uma avaliação com o suspeito.

Durante a consulta, o falso dentista teria orientado que o jovem tivesse dois dentes extraídos e substituídos por implantes - o que foi seguido pela família. Contudo, a doméstica conta que, durante o procedimento, percebeu que algo estava errado.

"Com uma hora lá dentro, a moça já saiu com uma bandeja cheia de dentes. Aí eu comecei a chorar. Ele disse que o meu filho estava com uma bactéria no sangue, que poderia vir a óbito. 

Outra vítima denunciou que teve uma infecção grave após colocar implantes com o falso profissional. O carpinteiro Frank Andrade conta que pagou R$ 6 mil pelo procedimento, que também foi feito no mesmo dia do orçamento, sem nenhum preparo prévio.

"Começou a sangrar pelos implantes 20h e foi parar 2h. Eu comecei a enfraquecer, enfraquecer... aí fui parar na UPA [Unidade de Pronto Atendimento]. Fiquei lá a noite toda tomando soro. Quase eu morria. Fiquei mal mesmo. E fiquei assim por seis meses, até descobrir que o implante estava infeccionado", falou Frank.

O falso dentista é Paulo Henrico Almeida, que tem 38 anos. Ele é estudante de odontologia e é investigado pelo crime de exercício ilegal da profissão em Itabuna e em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

Paulo Henrico Almeida é investigado pelo crime de exercício ilegal da profissão de dentista em Itabuna e em Vitória da Conquista.

Em Conquista, em maio deste ano, o Conselho Regional de Odontologia (CRO) o denunciou pela atuação irregular. Já em Itabuna, a policia civil pediu a suspensão temporária da clinica onde o falso dentista atuava.

De acordo com o delegado Humberto Marques, a clínica era investigada pelo CRO porque não tinha um responsável técnico especializado em implantes. Entretanto, os donos da unidade médica mudaram o nome do administrador.

Humberto Marques informou que a mudança de administrador da clínica foi considerada como uma tentativa de esconder a irregularidade. O delegado ainda contou que o novo administrador também não tem a especialização em implantes odontológicos.

Segundo o delegado, o inquérito do caso deve ser concluído em até 20 dias. O órgão vai ouvir nove dentistas e vai analisar o resultado dos laudos das perícias feitas para constatar as graves lesões nos pacientes.