Aracatu e mais 19 municípios serão beneficiados com Mutirão de Cirurgias do Governo do Estado



04/07/2017 - 14:39

Por www.informearacatu.com.br

Aracatu e mais 19 municípios serão beneficiados com Mutirão de Cirurgias do Governo do Estado

Mais 21 municípios da região de Brumado começam a ser atendidos, na próxima semana, pelo Mutirão de Cirurgias do Governo do Estado. O período das pré-consultas será de 12 a 14 de julho e as unidades móveis, que ficarão estacionadas no Ginásio Poliesportivo Antônio Alves Ribeiro, situado na Rua Nove, em Brumado, tem capacidade de atender a 180 pacientes por dia. As cirurgias serão feitas a partir do dia 17, no Hospital Municipal Professor Magalhães Netto, em Brumado.

Nesta etapa, os municípios Érico Cardoso, Aracatu, Barra da Estiva, Boquira, Botuporã, Brumado, Caturama, Contendas do Sincorá, Dom Basílio, Guajeru, Ibicoara, Ibipitanga, Ituaçu, Jussiape, Livramento de Nossa Senhora, Macaúbas, Malhada de Pedras, Paramirim, Rio de Contas, Rio do Pires e Tanhaçu serão atendidos. Durante a realização do mutirão, serão realizados os seguintes procedimentos cirúrgicos: hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica) histerectomia, colecistectomia.

Os pacientes que farão cirurgia de vesícula precisam estar em jejum para a realização do exame de ultrassonografia (USG). Já os pacientes que farão procedimento de histerectomia, devem levar resultados de exame preventivo. Além disso, todos os pacientes devem levar resultados de exames laboratoriais e outros que tiverem.

Como fazer o cadastramento

O Mutirão de Cirurgias é desenvolvido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e tem por finalidade auxiliar os municípios na redução da fila de espera de cirurgias eletivas, atendendo os pacientes com agilidade e cuidado. As cirurgias eletivas são procedimentos realizados por meio de marcação, ou seja, sem caráter de urgência e emergência, para todas as especialidades.

O cadastramento dos pacientes é feito pelas secretarias municipais de saúde, que devem manter a Lista Única atualizada, com as principais demandas de cada município. Para ser atendido, o paciente já deve ter a indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência.

Caso ele não tenha feito o cadastro prévio, mas tenha exames laboratoriais que comprovem a necessidade de realizar uma das cirurgias oferecidas, o paciente poderá se dirigir ao local das consultas pré-operatórias, munido dos documentos exigidos. No momento da alta hospitalar, além das orientações, os pacientes saem com todos os medicamentos para garantir a segurança da cirurgia.

Para saber se a pessoa está cadastrada para passar pela cirurgia, basta consultar a lista única, disponível na INTERNET. O paciente ou responsável também poderá ir até a Secretaria Municipal de Saúde de seu município, para saber se o seu nome consta na lista para a realização do procedimento.