Brumado

Brumado

Últimas Notícias

Baleia encontrada encalhada morre na praia de Salvador
Foto: Reprodução

Morreu na manhã desta sexta-feira (30), a baleia jubarte, encontrada viva e encalhada na praia bairro de Coutos, em Salvador. A informação foi confirmada por Luena Fernandes, bióloga do Instituto Baleia Jubarte.

O animal era um adulto de cerca de 15 metros comprimento e 39 toneladas. Conforme Luena, equipes do instituto continuam no local, fazendo exames e colhendo amostras, que vão apontar a causa da morte da baleia.

A previsão é de que o corpo seja retirado ainda nesta sexta, por equipes da Empresa de Limpeza Urbana do Salvador (Limpurb).

O encalhe desta sexta ocorreu um dia após outra jubarte ser encontrada morta em praia de Plataforma, a cerca de oito quilômetros de Coutos.

Desde o inicio da manhã, quando a baleia foi encontrada, diversos moradores estiveram no local para jogar água nela. Durante a ajuda, um homem foi atingido após a baleia fazer um movimento brusco e ficou ferido. Há suspeita de que ele tenha fraturado uma perna.

 

ARMA E OUTROS MATERIAIS ILÍCITOS SÃO APREENDIDOS PELA POLÍCIA EM BRUMADO, UMA PESSOA FOI PRESA

Após denúncia de populares sobre intenso tráfico de drogas e individuo ostentando arma de fogo na rua Virgílio Ataíde, o grupo C do Peto com apoio da Soint ; fazendo rondas no endereço acima citado deparou-se com dois individuos em atitude suspeita na porta da residência do conduzido, ao dar voz de abordagem, os mesmos tentaram empreender fuga  sendo alcançados no interior da residência; foi feita a busca no quarto de Erielton Henrique Alves dos Santos Vulgo ( Rick de Dona Nice), local onde foi encontrado: 01 Balança de precisão, Embalagem comumente usada para embalar entorpecentes, 02 Cigarros de substância análoga a maconha, 5 cartuchos intactos de calibre 38 e 01 Revólver Taurus Calibre 38. O mesmo assumiu ser todos de sua propriedade. O indivíduo e todo material foram conduzidos até 20° COORPIN onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante pelo Delegado Claudio Marques. 

 Governo rejeitará ajuda financeira do G7 segundo o ministro Onyx Lorenzoni
Foto: Reprodução

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o governo rejeitará a ajuda do G7 para combater as queimadas na Amazônia, anunciada nesta segunda-feira (26) pelo presidente da França, Emmanuel Macron. A assessoria do Palácio do Planalto confirmou a informação dada por Onyx.

O anúncio da ajuda foi feito na França, após Macron ter participado de uma reunião do G7. Segundo ele, o grupo decidiu destinar 20 milhões de euros para combater as queimadas.

O presidente francês e o presidente Jair Bolsonaro têm feito críticas públicas um ao outro desde a semana passada.

"Agradecemos, mas talvez esses recursos sejam mais relevantes para reflorestar a Europa. O Macron não consegue sequer evitar um previsível incêndio em uma igreja que é um patrimônio da humanidade e quer ensinar o quê para nosso país? Ele tem muito o que cuidar em casa e nas colônias francesas", disse Onyx.

"O Brasil é uma nação democrática, livre, e nunca teve práticas colonialistas e imperialistas como talvez seja o objetivo do francês Macron. Aliás, coincidentemente, com altas taxas internas de rejeição", acrescentou o ministro da Casa Civil.

Onyx Lorenzoni disse ainda que o Brasil pode ensinar "a qualquer nação" como proteger matas nativas. "Aliás, não existe nenhum país que tenha uma cobertura nativa maior que o nosso", acrescentou.

Por meio de nota, o Ministério das Relações Exteriores (MRE) informou que apesar do "suposto lançamento de novas iniciativas relacionadas à Amazônia" para reflorestar a região, já existem instrumentos previstos para esse tipo de medida.

Mais cedo, nesta segunda-feira, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, chegou a dizer que a ajuda anunciada pelo G7 era "bem-vinda".

Também nesta segunda, Bolsonaro não disse se aceitaria ou não o apoio, mas questionou o anúncio feito por Macron. "Será que alguém ajuda alguém — a não ser uma pessoa pobre, né? — sem retorno? [...] O que que eles querem lá há tanto tempo?".

 

Homem é morto a golpes de machado em Brumado; vítima já possuía passagens pela polícia

Um homem indentificado pelo prenome de "Davi Cabeça Torta", foi encontrado morto no fim da manhã desta segunda-feira (26), no bairro São Félix em Brumado.
Segundo informações preliminares, o mesmo foi morto com vários golpes de machado na cabeça. A polícia foi acionada para registrar a ocorrência e apurar as circunstâncias do crime. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Brumado para ser feita a necropsia e, posteriomente, liberar para os familiares realizarem o sepultamento. Davi já tinha passagens pela polícia.