POR NÃO ACEITAR SUPOSTAS PERSEGUIÇÕES POLÍTICAS, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE ITUAÇU É EXONERADO

"No cenário onde a politicagem sorrateira atua de maneira desrespeitosa e vexatória, quem pensa como eu não sobrevive", diz Fernando Ávila, demitido da Secretaria de Educação de Ituaçu

01/07/2021 - 09:08

Por

POR NÃO ACEITAR SUPOSTAS PERSEGUIÇÕES POLÍTICAS, SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DE ITUAÇU É EXONERADO

A prefeitura de Ituaçu, que tem como gestor o prefeito Phellipe Brito, exonerou Fernando Silva Ávila da Secretaria de Educação do Município. O educador que é reconhecido por seu histórico de relevantes serviços prestados à educação no município, deixou a pasta com pouco menos de 6 meses no cargo. A demissão foi acarretada, segundo o educador, por questões políticas.
Em um manifesto publicado pelo mesmo, fica evidente intervenções sem o seu conhecimento e consentimento na secretaria, onde a suposta perseguição política estaria ocorrendo, por não compactuar com as ações o secretário teria tido a sua “cabeça” pedida ao prefeito, e assim aconteceu.
Segue abaixo algumas das citações do ex-secretário contida no manifesto o qual encontra-se anexo na íntegra ao fim do texto.

"Contudo, pensar a vida em sociedade sem respeitar a opinião/preferência contrária do outro, não pode ser vista como normal, principalmente para um gestor educaional que tem sua autonomia tolhida de forma sorrateira, por personagens que pregam discursos democráticos, mas atuam com perseguição política, pervessa e ditatorial.
[…] Sua atitude de intolerância pelo eleitor da oposição, decidindo persegui-lo, me deixa triste.
[…] Estava secretário de Educação, e gostaria de dividir com vocês que aceitei o convite e fui para a secretaria com o objetivo de procurar somar em equipe, mas com a certeza de não adotar a política medíocre, suja e vergonhosa que impera em nosso município, independente do partido, situação ou oposição."

Clique aqui para baixar na íntegra o manifesto do ex-secretário.