Rio do Antônio

Rio do Antônio

Últimas Notícias

SEC inicia segunda-feira (1°) pré-jornada pedagógica para o ano letivo 2020/21 na rede estadual de ensino
Foto: Josenildo Almeida

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) desencadeia, a partir de segunda-feira (1°), uma série de atividades visando o início do ano letivo 2020/21, que começará no dia 15 de março, com o ensino 100% remoto. Primeiro será realizada a pré-jornada pedagógica, de segunda a sexta-feira (de 1° a 5), que acontecerá totalmente virtual, com o engajamento de professores, coordenadores pedagógicos, gestores escolares, profissionais da Educação, estudantes e as famílias, com atividades pelo canal do YouTube Educação Bahia 1 ou por meio de plataformas digitais, como o Teams e o Zoom.

 

“Este é um momento de nos encontrarmos coletivamente, com o isolamento social e todo o cuidado que a pandemia do novo Coronavírus ainda requer, para planejar o ano letivo 2020/2021. O nosso desejo era de estarmos juntos, com as escolas vivendo a sua rotina normal, mas ainda é o momento de cuidar das vidas e manter o distanciamento social que a pandemia nos impõe. Ao mesmo tempo, estaremos juntos virtualmente, com as escolas estabelecendo a rotina de trabalho no ensino remoto, para dar todo o suporte aos estudantes e garantir a todos eles o direito de aprender”, afirmou o secretário da educação do Estado, Jerônimo Rodrigues.

 

Neste sábado (27), a SEC se reuniu com os dirigentes dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) para discutir esta dinâmica de trabalho na pré-jornada, que envolverá diretamente professores, coordenadores pedagógicos e gestores e contará, também, com momentos de participação dos estudantes e das famílias. De acordo com a programação, as manhãs de segunda a sexta serão dedicadas a lives e oficinas para orientações da Secretaria da Educação do Estado (SEC) e os períodos da tarde, para o trabalho, estudo e planejamento interno dos NTE e das escolas. 

 

*PROGRAMAÇÃO* - Na segunda, a programação começa às 10h, com uma live com o tema "Agenda da inclusão e aprendizagem". Na oportunidade, serão apresentadas as atividades pensadas para a Jornada Pedagógica Paulo Freire da rede estadual, que será realizada de 8 a 12 de março. A programação também terá convidados, a exemplo da estudante Ludmila Ferreira, do Colégio Rotary de Juazeiro, medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica; e da professora Rita Malheiros, do Colégio Estadual do Campo Pedro Atanásio Garcia, no povoado de Maniaçú, em Caetité. Para a agenda dos NTEs e das escolas, na segunda-feira, está programado o "Diálogo territorial", das 14h às 16h. 

A programação da pré-jornada pedagógica, segue, na terça (2), com lives, às 9h, sobre os "Protocolos sanitários e infraestrutura" e, às 11h, terá a oficina sobre "Tempo Integral". No período da tarde, acontecerá a agenda escolar interna, com os NTEs e as escolas, das 14h às 18h. Na quarta-feira (3), a live das 9h será sobre os "Protocolos de matrícula, programação, tecnologia e sistemas" e, às 11h, terá oficina sobre "Planos de ensino e atividades complementares". O período da tarde segue para agenda escolar interna, das 14h às 18h, entre os NTEs e as escolas.

Na quinta-feira (4), às 9h, acontecerá a live sobre "Acolhimento, formação e busca ativa" e, das 14h às 18h, segue a agenda entre os NTEs e as escolas. A programação da pré-jornada na sexta-feira inclui uma live, às 9h, sobre "Educação Profissional e Tecnológica" e uma reunião virtual com escolas Indígenas, do Campo, Especiais, Escolas Famílias Agrícolas e de Assentamento e, das 14h às 18h, termina com a agenda escolar interna entre os NTEs e as escolas sobre os estudos e o planejamento para a retomada dos encontros durante a Jornada Pedagógica Paulo Freire, a partir da segunda-feira (8).

 

 

PELO TERCEIRO DIA CONSECUTIVO, BAHIA REGISTRA MAIOR NÚMERO DE PACIENTES EM UTIS COVID-19

Pelo terceiro dia consecutivo, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) registra o maior número de pacientes internados em UTIs Covid-19 desde o início da pandemia. São 890 pacientes adultos e pediátricos em estado grave ocupando leitos nas diversas regiões da Bahia. O boletim epidemiológico deste domingo (21) também registra 63 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas neste domingo (21). Em virtude da elevação na taxa de ocupação de leitos de UTI em toda a Bahia, o governador Rui Costa determinou a ampliação do horário do toque de recolher. A partir desta segunda-feira (22), a restrição será das 20h às 5h. A determinação visa provocar uma redução da taxa de crescimento da Covid-19 no estado. As denúncias sobre aglomerações em espaços públicos ou privados serão fundamentais para facilitar o trabalho da polícia. Para isso, a população pode utilizar os canais de comunicação oficiais por meio do 190 ou (71) 3235-0000 (para a capital) e, no interior do estado, pelo 181. Lembrando que a denúncia é anônima e a viatura mais próxima é acionada para o local.

RUI COSTA AMPLIA HORÁRIO DE TOQUE DE RECOLHER; RESTRIÇÃO PASSA A VALER DAS 20H ÀS 5H

O Governo do Estado decidiu ampliar o horário do toque de recolher, em grande parte da Bahia, devido ao aumento da ocupação de leitos UTIs Covid-19, que atingiu a taxa de 80% neste domingo (21). O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, por meio das redes sociais. A restrição na circulação de pessoas nas ruas passa a valer das 20h às 5h e envolve 381 cidades baianas, até o próximo dia 28 de fevereiro. A região oeste é a única exceção. O atendimento presencial em bares, restaurantes, lojas de conveniência e demais estabelecimentos similares que comercializem bebidas alcóolicas será encerrado às 18h. Apenas o delivery de alimentos fica permitido até as 23h. É permitido o deslocamento somente para ida a serviços de saúde ou farmácia, para compra de medicamentos, ou situações em que fique comprovada a urgência. Não são alcançados pelo decreto os serviços de limpeza pública e manutenção urbana; os serviços delivery de farmácia e medicamentos; e as atividades profissionais de transporte privado de passageiros. Aqueles que descumprirem a medida podem ser autuados nos artigos 268 (infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa) e 330 (desobedecer a ordem legal de funcionário público) do Código Penal. A população pode contribuir com a fiscalização. Denúncias para a Polícia Militar da Bahia (PMBA) devem ser feitas pelo 190 ou (71) 3235-0000, na capital, e pelo 181, no interior do estado. A denúncia é anônima.
 

SEGUNDA DOSE DA CORONAVAC COMEÇA A SER APLICADA NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA (15)

A segunda dose da vacina Coronavac começará a ser aplicada na próxima segunda-feira (15). Os imunizantes contra a Covid-19 já estão na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos – CEADI da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em Simões Filho, e também nos Núcleos Regionais de Saúde, de onde serão distribuídos para os municípios a partir desta sexta-feira (12). O esquema da segunda dose começará pelos profissionais da saúde da linha de frente contra o Coronavírus, idosos acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e indígenas aldeados, grupos que foram imunizados na primeira etapa da vacinação. De acordo com a coordenadora de imunização do Estado, Vânia Rebouças, no momento da aplicação da primeira dose, já foi feito o aprazamento para a segunda. A Coordenadora recomenda que as pessoas busquem os mesmos locais onde tomaram a primeira dose. O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, avalia como positiva a vacinação no estado. “As dificuldades que tivemos no começo já foram superadas. Estamos tendo a colaboração de todos os prefeitos”, afirma. Ele ainda destaca que a Bahia está fazendo um esforço para vacinar mais pessoas, mas que infelizmente tem a limitação do quantitativo de vacinas. “Optamos por iniciar pelos idosos com mais idade e de forma gradual aumentar o público”, pontua.

COVID-19: NOVOS ACORDOS PODEM AUMENTAR O NÚMERO VACINAS PREVISTAS PARA 2021

As recentes negociações do Ministério da Saúde para incorporar doses das vacinas Sputnik V e Covaxin ao Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19 podem fazer a previsão total de doses para 2021 atingir 384,9 milhões. De acordo com informações da Agência Brasil, os acordos assinados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Instituto Butantan, somados à adesão ao consórcio Covax Facility e à importação de doses prontas da vacina Oxford/AstraZeneca, já apontavam que o país teria acesso a 354,9 milhões de doses até o fim de 2021. O avanço nas negociações com os representantes dos desenvolvedores russos e indianos pode somar mais 30 milhões de doses a essa conta, caso essas compras sejam efetuadas e as duas vacinas recebam autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A pasta afirma que também negocia com as farmacêuticas americanas Pfizer, Moderna e Janssen.