Sindicato dos servidores de Rio do Antônio emite nota de repúdio por atrasos constantes de pagamentos da prefeitura

09/08/2018 - 17:20

Por

Sindicato dos servidores de Rio do Antônio emite nota de repúdio por atrasos constantes de pagamentos da prefeitura
Foto: Divulgação

O sindicato dos servidores de Rio do Antônio emitiu uma nota de repúdio devido aos constantes atrasos de pagamentos da prefeitura para com os servidores. A entidade que representa diversas classes no município disse ainda que não descarta a possiblidade de realizar uma paralisação em protesto contra os atrasos ainda no mês de agosto.

Veja a nota na íntegra:

“O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Rio do Antônio – BA (SINSERV – Delegacia de Rio do Antônio) vêm a público, através desta nota de repúdio, expressar sua insatisfação quanto aos constantes atrasos nos pagamentos dos salários dos Servidores Públicos Municipais. É inaceitável que a administração municipal, até a presente data 09 de agosto de 2018, não tenha sequer efetuado o pagamento da folha salarial do mês de julho dos servidores técnicos-administrativos da saúde, educação e das demais áreas da prefeitura (auxiliares administrativos, merendeiras, serviços gerais, motoristas, pedreiros, jardineiros...). Em tempo, na condição de entidade representativa da classe dos servidores públicos que tanto batalha pela prestação de serviços para a sociedade de forma igualitária e justa, repudiamos tal atitude contra qualquer ato que atinja os trabalhadores que, infelizmente, se arrasta há meses por parte da Prefeitura Municipal de Rio do Antônio - BA. O pagamento dos salários é um direito fundamental dos servidores. Não é dado ao gestor o direito de negá-lo, violando a ordem, já que os salários possuem evidente natureza alimentar que não enseja campo para o exercício da discricionariedade. O salário é o meio de sobrevivência do servidor público e seu atraso provoca transtornos desnecessários e vexatórios. Muitos servidores estão impossibilitados de honrar seus compromissos financeiros, enquanto outros já calculam os prejuízos com juros, multas e outros encargos causados pelo atraso no pagamento. Foi por isso que a Constituição Federal elevou o salário ao nível de direito fundamental, mantendo-o sob o manto protetor de todas as garantias e direitos fundamentais. Apesar de ser público e notório o aumento nominal das receitas, as categorias vêm a público pedir transparência para que as despesas sejam demonstradas e, de forma conjunta, sejam apontados os caminhos a serem seguidos. Assim, faz-se necessário um planejamento dentro da nova realidade, a fim de que seja apresentado pela Administração Pública Municipal um calendário preciso da folha de pagamento, bem como a regularização dos salários atrasados dos servidores.

Em tempo, O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Rio do Antônio – BA (SINSERV – Delegacia de Rio do Antônio) comunica a todos que, ainda neste mês de agosto, não descarta a convocação de uma Paralização Geral das atividades laborais cotidianas dos servidores técnicos-administrativos da Saúde, Educação e das demais áreas da prefeitura (auxiliares administrativos, merendeiras, serviços gerais, motoristas, pedreiros, jardineiros...) devido aos constantes atrasos nos pagamentos mensais dos referidos servidores.

Rio do Antônio, 09 de agosto de 2018."