Sebastião Laranjeiras

Sebastião Laranjeiras

Últimas Notícias


Guanambi registra primeiro homicídio este ano

30/01/2017 - 15:03

Guanambi registra primeiro homicídio este ano
Foto: Bonny Silva

Foi morto a tiros na manhã desta segunda-feira (30) Salvador Oliveira Dourado (Marcílio Cigano). Ele foi executado em frente a Bial na Avenida Governador Nilo Coelho próximo ao Detran. As primeiras informações dão conta que quatro elementos em um veículo Spacefox de cor preta, chegaram até onde a vítima se encontrava e efetuaram pelo menos dois disparos, possivelmente um revólver e uma espingarda.
Um tiro atingiu o rosto de Marcílio que tombou próximo ao veículo que ocupava um Fiat Strada de placas PJS 0956. Os suspeitos na fuga desceram em alta velocidade e em frente ao Trevo da Avenida Barão do Rio Branco bateram um outro veículo de um morador no Bairro BNH que se preparava para fazer a conversão. Os dois veículos rodaram na pista e os quatro elementos fugiram a pé.
Uma espingarda, supostamente usada no crime, foi apreendida no Spacefox com placas de Pelotas no Rio Grande do Sul INW 5538. Marcílio tem um histórico de crimes tendo sido preso algumas vezes, inclusive por participação no chamado “Massacre dos Ciganos” ocorrido em maio de 2007.
Um grupo com mais de dez ciganos teriam invadido um bar localizado na principal praça do bairro e executaram o tenente da PM, Gilson Santiago Messias Junior, 22 anos e o comerciante Paulo Sergio Castro Araújo, de 29 anos, com três tiros cada e vários golpes de arma branca. Quatro ciganos também foram mortos na ocasião.

Governo e municípios discutem estratégias de controle da febre amarela na Bahia
Foto: Divulgação

Prefeitos e secretários de saúde de dezenas de municípios baianos, das regiões oeste, sudoeste e extremo sul, se reuniram na última terça-feira (24), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, para discutir estratégias de prevenção e controle da febre amarela na Bahia. A reunião foi convocada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), com foco nas 67 cidades que já intensificaram a vacinação contra a doença por conta da proximidade com estados que registraram ocorrências recentes de febre amarela.

O encontro foi coordenado pelo secretário estadual da saúde, Fabio Vilas-Boas, que destacou a importância do empenho coletivo para proteger o estado da doença. "Seguindo a orientação do Ministério da Saúde, o Governo do Estado está trabalhando com todos os municípios que já tinham recomendação histórica de vacinação. Por uma conclusão nossa, do risco aumentado que há devido ao fluxo migratório nessa época do ano, inclusive de mineiros, nós solicitamos autorização para que fosse feita uma extensão dessa vacinação para os municípios do extremo sul. É fundamental se criar um cinturão de proteção vacinal, criando uma barreira onde as pessoas não irão contrair a febre amarela", afirma Vilas-Boas.

Em 2017, até 23 de janeiro, foram notificados sete casos suspeitos de febre amarela em três municípios da Bahia - dois em Teixeira de Freitas, quatro em Coribe e um em Itiúba. Das notificações, seis estão em investigação e uma foi descartada por exame laboratorial. Outros dois casos investigados são considerados 'importados', pois o local da provável infecção dos pacientes é Minas Gerais, como aconteceu com um paciente que trabalhava em Minas e foi a óbito na cidade baiana de Cândido Sales.
 

Ler texto completo
Mais suspeito de tentar assaltar banco em Bom Jesus da Lapa é morto

Um homem foi encontrado morto durante a manhã desta terça-feira (24), em Juazeiro da Bahia. Segundo informações obtidas pelo L12 Sudoeste, o corpo achado seria do homicida Edgar José Gomes, o Edgar de Nó. Ele seria um dos integrantes do bando que tentou assaltar bancos na cidade de Bom Jesus da Lapa, na noite do último domingo (22), que resultou na morte imediata de um integrante da quadrilha, em troca de tiros com o BOPE, e no assassinato de dois policiais militares lotados na 38ª CIPM.

Edgar, que já teria matado dois policias em Pernambuco e um na Bahia, supostamente foi baleado no domingo, durante a troca de tiros e seu corpo descartado na cidade de Juazeiro, no decorrer da fuga. Ele é natural de Cabrobó, em Pernambuco, mesma cidade de origem de Marcelo Alves de França, o Célio de Laurita, de 38 anos, que usava identidade falsa e foi a óbito no dia da troca de tiros.

As polícias militares e civis estão a um passo de desmantelar todo o esquema criminoso formado pela quadrilha, que levou praticamente todas as unidades operacionais da PM e Civil à Bom Jesus da Lapa, visando uma resposta rápida à comunidade. O caso está sendo investigado por núcleos da Polícia Militar e pela Polícia Civil, aos cuidados do Coordenador Regional, Jackson Trindade Neves, e do Major Maltês, comandante da CIPE semiárido.

Fonte: L12 Sudoeste

Prefeito de Sebastião Laranjeiras decreta situação de emergência devido a seca
A Seca que atinge vários município da Bahia, fez também com que em Sebastião Laranjeiras fosse decretado situação de emergência.

25/01/2017 - 22:53

A Seca que atinge vários município da Bahia, fez também com que em Sebastião Laranjeiras fosse decretado situação de emergência.

Prefeito de Sebastião Laranjeiras decreta situação de emergência devido a seca
Os riachos, açudes, tanques e barragens secaram.

O prefeito de Sebastião Laranjeiras, Josielton de Castro Muniz “Elton Oreia”, decretou situação de emergência devido a seca que assola o município. No decreto publicado no Diário Oficial na terça – feira (24), o prefeito disse que o município sofre com estiagem prolongadas, desde os anos de 2014 e 2015. E em 2016 não houve chuva suficiente para acumular água nos açudes, tanques, riachos e barragens do município. Sem dispor de recursos para atender as necessidades das famílias que vivem na zona rural, em face da falta d’água para o consumo humano o município declarou situação de emergência.
 

Novas regras do Seguro - desemprego geram renda de R$ 3,8 bilhões
Somente em 2016, os pagamentos do seguro-desemprego totalizaram R$ 36,7 bilhões

23/01/2017 - 23:23

Somente em 2016, os pagamentos do seguro-desemprego totalizaram R$ 36,7 bilhões

Novas regras do Seguro - desemprego geram renda de R$ 3,8 bilhões

As normas mais rigorosas do seguro-desemprego geraram uma economia de R$ 3,8 bilhões no ano passado, informou nesta segunda-feira, 23, o Ministério do Trabalho.

Segundo o órgão, em 2015 e 2016, 14,6 milhões de pessoas solicitaram o seguro-desemprego. Se estivessem em vigor as regras anteriores, o número seria de 15,7 milhões, segundo estimativas da pasta. Ou seja, com a mudança nas exigências mais de um milhão de trabalhadores (1.135.444) ficaram sem o benefício.

Foram desembolsados R$ 70,4 bilhões nesses dois últimos anos. O gasto teria sido de R$ 74,3 bilhões caso não tivessem ocorrido as alterações.

Antes de 2015, uma pessoa demitida podia pedir o seguro-desemprego pela primeira vez se tivesse, pelo menos, seis meses de trabalho formal antes da demissão. Com a alteração, o tempo mínimo de trabalho subiu para 12 meses trabalhados no último ano e meio. Para o segundo pedido, são necessários nove meses de trabalho nos últimos 12 meses anteriores à dispensa. Nas demais solicitações, a carência é de seis meses de trabalho.

Somente em 2016, os pagamentos do seguro-desemprego totalizaram R$ 36,7 bilhões. De acordo com o ministério, 93,4% dos trabalhadores que pediram o benefício foram contemplados. O seguro foi pago a mais de 7 milhões de trabalhadores com carteira assinada, quase 138 mil empregados domésticos e 558 mil pescadores artesanais. Além disso, 740 pessoas retiradas de situação de trabalho forçado ou análoga à de escravo também tiveram direito ao benefício.