Sebastião Laranjeiras

Sebastião Laranjeiras

Últimas Notícias

Bahia alcança redução de quase 26% em roubos a instituições financeiras

Operações constantes para desbaratar quadrilhas especializadas em investidas contra instituições financeiras e apreensão das armas utilizadas por esses grupos conseguiram reduzir em quase 26% o número de ocorrências em 2019. Este é o quinto ano consecutivo de redução desta modalidade de crime. Os dados criminais e as ações policiais de 2019 foram apresentados na manhã desta segunda-feira (13), pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, em coletiva realizada no Centro de Operações e Inteligência (COI), no CAB. 

Em 2019 foram computados 17 casos a menos de roubos a bancos no estado, se comparado o mesmo período de 2018, sendo registrados 49 ocorrências em toda a Bahia. O interior do estado alcançou o maior índice de queda, com  -42% de registros, seguida por Salvador com -14%. 

Quinhentas e trinta e uma vidas foram preservadas de janeiro a dezembro de 2019, se comparado com o ano de 2018. Os números refletem a queda de 9,4% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte). Na capital, a redução foi de 11, 4% (-131), seguido pelo interior com – 9,7% (-370) e pelas cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS), que computaram – 4,5% (-30). 

Ainda na modalidade Crime Contra a Vida, a Bahia registrou 101 feminicídios em 2019. “Este é um dos nossos principais desafios. Apesar dos esforços da SSP e de outros órgãos, o aumento do feminicídio é uma realidade, não só da Bahia, mas em todo o país. Estamos engajados com a SPM, o MP, a Defensoria Pública e outros órgãos da rede de proteção à mulher para mudarmos essa realidade”, afirmou o secretário. Na ocasião, ele anunciou o lançamento da Operação Ronda Maria da Penha em mais nove municípios baianos.

Na análise dos Crimes Contra o Patrimônio, a modalidade que apresentou decréscimo de 465 casos foi o roubo de veículos, queda de 8,6%. Os roubos a coletivos também apresentaram declínio em 3,6%, sendo – 73 casos.

As ofensivas contra estabelecimentos comerciais apresentaram redução de 34%, sendo registrados menos 655 ocorrências. 

Tecnologia

Cento e dez criminosos (homicidas, feminicidas, traficantes, estupradores, receptadores, assaltantes e outros) foram alcançados, na capital e em Feira de Santana, em 2019 após alertas do Sistema de Reconhecimento Facial, implementado pela Secretaria da Segurança Pública.

 

O software analisa os rostos captados pelas câmeras inteligentes e compara com o banco de dados da pasta, possibilitando a captura de pessoas que tenham mandado de prisão expedido pela Justiça.

Investimentos

Mais de 10 mil pistolas Glocks, modelo G22 Geração 5 calibre.40, de fabricação austríaca e 200 fuzis e espingardas, calibres 5,56 e 12, respectivamente, foram adquiridos para equipar as policiais Civil, Militar e Técnica e o Corpo de Bombeiros Militar. No total foram empregados 22 milhões de reais na compra de armamento. Setecentos e oitenta e seis novas viaturas renovaram as frotas de unidades das quatro forças de segurança, que atuam em todas as regiões do estado.

Produtividade

Através da análise criminal e de operações preventivas e ostensivas foram capturadas 20.799, sendo 17.355 em flagrante delito e 3.444 por meio de mandado de prisão. Mais de 4,8 mil adolescentes cometeram infrações legais e foram encaminhados para a Delegacia do Adolescente Infrator.

Além de 23 fuzis (armas de grosso calibre utilizada principalmente por grupos especializados em roubos a bancos), também foram apreendidas 4.109 revólveres, espingardas, pistolas e metralhadoras.

Trinta e quatro toneladas de drogas foram apreendidas e incineradas em Salvador, RMS e interior. Além de porções prontas para comercialização em diversos bairros da capital, grandes operações conjuntas alcançaram quase 4 toneladas de cocaína e 30 de maconha (em tabletes e em plantações) e outros entorpecentes. 

As ações de combate à violência contra a mulher também foram reforçadas ao longo do ano, gerando 76 prisões por intermédio da Operação Ronda Maria da Penha, que também promoveu 24 mil rondas ostensivas e 10.462 fiscalizações de medidas protetivas, dados registrados até o mês de novembro.

Papa pede que famílias recolham celulares e conversem nas refeições
REUTERS / Remo Casilli

As famílias devem retomar a comunicação dentro do lar, recolhendo o celular durante as refeições, disse hoje (29), no Vaticano, o Papa Francisco. Ele fez o pedido durante a última oração do Angelus de 2019.

O pontífice convocou os fiéis a melhorar a comunicação dentro de casa. Ele sugeriu que a família moderna siga o exemplo dos personagens bíblicos Jesus, Maria e José, que se ajudavam mutuamente.

“Você, em tua família, sabe se comunicar, ou é como aqueles jovens na mesa, cada um com o telefone celular, [que] estão [trocando mensagens] em chats? Naquela mesa parece um silêncio, como se estivessem na missa, mas não se comunicam. Devemos retomar a comunicação em família: os pais, os pais com os filhos, com os avós, mas comunicar-se, com os irmãos, entre eles. Essa é uma tarefa a ser feita hoje, precisamente no dia da Sagrada Família”, conclamou.

No primeiro domingo após o Natal, a Igreja Católica celebra a festa da Sagrada Família. Ao discursar na sacada da Basílica de São Pedro, o papa pediu que os cristãos sigam o modelo da família de Jesus.

“Que a Sagrada Família possa ser modelo para nossas famílias, para que pais e filhos se apoiem mutuamente na adesão ao Evangelho, fundamento da santidade da família”, acrescentou.

Em 2017, o papa havia criticado o uso de celulares durante a missa. Na ocasião, ele disse sentir-se triste quando fiéis e até bispos levantam o aparelho para fotografarem durante as celebrações religiosas.

PM inicia Operação Réveillon nas estradas baianas

Para garantir a tranquilidade nas rodovias estaduais durante as festas de fim de ano, a Polícia Militar da Bahia, por meio das Companhias Independentes e do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), inicia no sábado (28) a Operação Réveillon. Serão realizadas ações de fiscalização de trânsito, de vistoria dos documentos de porte obrigatório, abordagens preventivas a pessoas e veículos e a intensificação do policiamento com o emprego de policiais em regime de serviço extraordinário.

Cerca de 400 profissionais vão atuar durante a operação que segue até o dia 2 de Janeiro. “O objetivo é reduzir os índices de acidentes, para isso elaboramos um conjunto de ações preventivas, como a utilização de radares portáteis, além de vários pontos de fiscalização. Com isso, seremos capazes também de prevenir acidentes, coibir o tráfico de drogas, de armas de fogo e de pessoas”, explica o capitão Jorge Lopez, comandante da 1ª Companhia do BPRv .

A PM orienta o condutor a não assumir a direção do veículo após a ingestão de bebidas alcoólicas; utilizar sempre o cinto de segurança, inclusive os passageiros dos bancos traseiros; transportar as crianças em equipamento de segurança apropriado para cada idade; só realizar ultrapassagem com segurança e em locais permitidos; respeitar a sinalização e os limites de velocidade, além de observar as condições de manutenção do veículo.

As condições de trafegabilidade nas rodovias estão disponíveis no site da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra). Em caso de dúvidas, acidentes e reclamações, a comunidade pode entrar em contato por meio do telefone (71) 3117-8317 / 8319.

Gás de cozinha fica 5% mais caro a partir de hoje

A partir de hoje (27), o gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, fica em média 5% mais caro para as distribuidoras. O reajuste foi confirmado pela Petrobras e se refere ao preço à vista e sem tributos. O preço final ao consumidor depende do repasse feito pelas distribuidoras.

Ontem, a estatal anunciou que renovou o contrato com 12 distribuidoras estaduais a partir de janeiro, “com base em uma nova fórmula de preço da molécula de gás indexada ao preço do petróleo”. São elas GásBrasiliano, São Paulo Sul, Comgás (parcialmente), BR Espírito Santo, Gasmig, CEG, CEG-RIO, Algás, Bahiagás, Sergás, Potigás e Pbgás.

Com isso, a Petrobras estima que o preço do produto possa ter uma redução média imediata de 10% em relação aos contratos anteriores, considerando o preço do petróleo na faixa de US$ 60/bbl.

Desemprego é o menor desde 2016, mas atinge 11,9 milhões

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 11,2% no trimestre encerrado em novembro, atingindo 11,9 milhões de pessoas, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Foi a segunda queda seguida do indicador, que ficou em 11,6% nos três meses até outubro. Com isso, a taxa de desemprego é a menor desde o trimestre encerrado em março de 2016, quando foi de 10,9%. Em maio e abril de 2016, a taxa foi de 11,2%.

Segundo o IBGE, contribuíram para a queda no desemprego no mês passado as vagas temporárias abertas no comércio para fazer frente às datas comemorativas de final de ano. Com isso, a população ocupada chegou ao recorde de 94,4 milhões de pessoas.

Em nota, a analista da pesquisa, Adriana Beringuy, aponta que o resultado confirma a sazonalidade esperada para essa época do ano e que foi retomada desde 2017.