Tanhaçu

Tanhaçu

Últimas Notícias

Detran-BA lança campanha ?Novo trânsito. Mais consciência, menos risco?

A Semana Nacional de Trânsito (SNT) acontece de 18 a 25 de setembro, com ações que mobilizam os estados. Na Bahia, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) promove a campanha “Novo trânsito. Mais consciência, menos risco”, voltada para os mais vulneráveis nas vias, onde estão inseridos pedestres, ciclistas, motociclistas e pessoas com deficiência. O órgão quer chamar a atenção da população para a importância de boas práticas ao volante, durante a pandemia da Covid-19. A campanha consiste na divulgação de mensagens de conscientização na mídia, redes sociais e postos SAC, para prevenir acidentes de trânsito. Na semana especial, a Operação Lei Seca do Detran-BA vai homenagear os condutores que apresentarem índice zero no teste do bafômetro. Nos dias 23 e 24 de setembro, será realizado o Encontro Virtual da Junta Médica Especial do Detran-BA. Especialistas irão debater sobre os protocolos de perícia para as pessoas com deficiência física que pretendem obter ou renovar a carteira de habilitação, além das regras para a isenção fiscal na compra de veículos.

CORREIOS AGUARDAM DECISÃO DA JUSTIÇA SOBRE GREVE DE TRABALHADORES

Apesar de ter parte do contingente funcional paralisado desde o dia 17 de agosto, os Correios registraram, nas últimas quatro semanas, mais de 187 milhões de cartas e encomendas entregues em todo o país. Após sucessivas tentativas de negociação, os Correios anunciaram que aguardam decisão judicial sobre a greve para normalizar as atividades operacionais. De acordo com informações da Agência Brasil, segundo nota divulgada pela empresa, as negociações estavam sendo feitas desde julho, e visavam preservar a saúde financeira da estatal com cortes de privilégios e “adequação à realidade do país”. O julgamento da ação de dissídio coletivo está marcado para a próxima segunda-feira (21). Em comunicado, os Correios afirmam que os termos exigidos pelos funcionários para a retomada regular das atividades põem em risco a economia que vinha sendo aplicada. A empresa registra prejuízo acumulado de R$ 2,4 bilhões e esperava economizar cerca de R$ 800 milhões ao ano. Segundo a estatal, esse valor, em três anos, cobriria o déficit financeiro atual. “É evidente, portanto, que não há margem para propostas incompatíveis com a situação econômica atual da instituição e do país, o que exclui de qualquer negociação a possibilidade de conceder reajustes”, registra a nota. A empresa lamenta ainda o contexto da pandemia, e afirma que a explosão do e-commerce – o comércio eletrônico, que depende exclusivamente do serviço de transporte e logística para a entrega de mercadorias, – seria uma forma de “alavancar o negócio em um dos poucos setores com capacidade para crescer neste período.”

 

 

Barra da Estiva: Caesg apreende droga e destrói plantação de maconha em Triunfo do Sincorá

Nessa quarta-feira (15), por volta das 11h20, com o apoio da guarnição da 34ª CIPM, após denúncia recebida no Disk Denúncia, acerca de dois indivíduos que estariam cultivando maconha às margens do rio e traficando em suas residências na comunidade Triunfo do Sincorá, em Barra da Estiva, a guarnição Cipe Sudeste (Caesg)deslocou-se até o local para verificar a denúncia. No local informado, se deparou com dois indivíduos com as características descritas na denúncia. Procedida a abordagem, os indivíduos indicaram onde estavam as plantas às margens do rio e algumas já condicionadas para comercialização em suas residências. Após minuciosa busca no local, também foram encontrados 43 (quarenta e três) petecas contendo substância análoga à maconha; 42g ( quarenta e dois gramas ) de maconha solta; R$5 (cinco) reais em dinheiro; 01 (um) celular de marca LG; 05 (cinco) sementes da planta cannabis sativa. Os materiais e ambos os indivíduos foram apresentados na delegacia e tiveram a prisão em flagrante  formalizada.

SEM EFICÁCIA COMPROVADA, MINISTÉRIO DA SAÚDE QUER DISTRIBUIR ?KIT COVID? COM HIDROXICLOROQUINA, AZITROMICINA E IVERMECTINA

O Ministério da Saúde discute distribuir gratuitamente um “kit covid-19” na Farmácia Popular. A ideia é reembolsar os estabelecimentos conveniados todo o valor de sulfato de hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina retirados por pacientes de Covid-19. Embora não haja comprovação da eficácia sobre o uso destes medicamentos contra o novo coronavírus, o tratamento tornou-se aposta do governo Jair Bolsonaro. Como o Estadão revelou, desde julho a Saúde faz estudos sobre a “viabilidade” da inclusão dos produtos no Farmácia Popular. O programa distribui gratuitamente ou com desconto de 90% medicamentos para controle de doenças crônicas, que atingem milhões de brasileiros, como diabetes, hipertensão e asma. Será preciso prescrição médica para retirar o “kit covid”.O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, defende o uso da cloroquina no tratamento da doença. Após dois ministros deixarem a pasta (Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich) por divergências sobre a aposta no medicamento, coube ao general aprovar nova orientação da Saúde sobre o combate à covid-19, que estimula o uso, desde os primeiros sintomas da doença, de hidroxicloroquina ou cloroquina, associadas ao antibiótico azitromicina. Procurado, o Ministério da Saúde reconheceu que avalia incluir o tratamento no Farmácia Popular. Em nota, a pasta afirma que “a portaria está em estudo”. “Tanto em relação ao valor de financiamento da dotação extraorçamentária, quanto ao acordo tripartite com Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde).”

Bahia registra 718 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 718 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 777 curados (+0,3%). Dos 283.235 casos confirmados desde o início da pandemia, 269.890 já são considerados curados e 7.346 encontram-se ativos. Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático. Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (28,91%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.184,69), Almadina (6.021,23), Itabuna (5.461,89), Madre de Deus (5.039,59) e Dário Meira (5.014,01). O boletim epidemiológico contabiliza ainda 555.790 casos descartados e 67.023 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta segunda-feira (14). Na Bahia, 24.451 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.